Configurando as definições para pares de chave e certificados digitais

Para codificar a comunicação com um dispositivo remoto, uma chave de criptografia deve ser enviada e recebida através de uma rede não segura previamente. Esse problema é solucionado através de uma criptografia de chave pública. Uma criptografia de chave pública garante uma comunicação segura protegendo informações importantes e valiosas contra ataques, como grampos, interceptações e alteração dos dados conforme eles circulam em uma rede.
Par de chaves
 
Um par de chaves consiste em uma chave pública e uma chave secreta, ambas as quais são necessárias para a codificação e a decodificação dos dados. Como os dados que foram codificados com uma das chaves não podem ser retornados à sua forma original sem a outra chave, a criptografia de chave pública assegura a comunicação dos dados em uma rede. Até oito pares de chaves, incluindo os pares pré-instalados, podem ser registrados (Usando pares de chave e certificados digitais emitidos por uma CA). Para a comunicação codificada TLS, um par de chaves pode ser gerado para a máquina (Gerando pares de chaves).
Certificado de CA
 
Os certificados digitais, incluindo certificados de CA, são similares a outras formas de identificação, como as carteiras de motorista. Um certificado digital contém uma assinatura digital, que permite que a máquina detecte qualquer intercepção ou alteração de dados. É extremamente difícil para terceiros violar os certificados digitais. Um certificado digital que contém uma chave pública de uma autoridade de certificação (CA) é chamado de certificado CA. Certificados CA são usados para verificar o dispositivo com a qual a máquina se comunica em recursos como a autenticação IEEE 802.1X ou Google Cloud Print. Até 150 certificados CA podem ser registrados, incluindo os 72 certificados pré-instalados na máquina (Usando pares de chave e certificados digitais emitidos por uma CA).
6368-03U