Gerar a Chave e Certificado para Comunicação de Rede

A máquina pode gerar a chave e certificado (certificado de servidor) utilizados para comunicação TLS codificada. Se pretender começar a utilizar a comunicação TLS codificada imediatamente, é conveniente utilizar a chave e certificado que estão pré-instalados na máquina. Se necessário, peça a um administrador que gere uma chave e certificado. Note, no entanto, que a comunicação TLS encriptada não é ativada simplesmente através da geração de uma chave e certificado. Configurar a Chave e Certificado para TLS
Se pretender utilizar um certificado de servidor com uma assinatura da CA, pode gerar a chave juntamente com a CSR, em vez do certificado. Gerar uma Chave e CSR
1
Carregue em  (Programações/Gravação).
2
Carregue em <Progs de gestão>  <Gestão do dispositivo>  <Programações do certificado>  <Gerar chave>  <Gerar chave de comunicação em rede>.
3
Configure os itens necessários para a chave e carregue em <Seguinte>.
<Nome chave>
Introduza um nome para a chave. Utilize um nome que seja fácil de encontrar quando apresentado numa lista.
<Algoritmo assinatura>
Selecione o algoritmo de cardinal a utilizar para a assinatura. Os algoritmos de cardinal disponíveis variam de acordo com o comprimento da chave (Características técnicas do sistema). Um comprimento da chave de 1024 bits ou mais pode suportar algoritmos de cardinal SHA384 e SHA512. Se a opção, <RSA> é selecionada para , e <Comprimento da chave (bits)> for definido para <1024> ou superior para , os algoritmos de cardinal SHA384 e SHA512 podem ser selecionados.
<Algoritmo de chave>
Selecione o algoritmo de chave. Se for selecionado <RSA>, é exibido <Comprimento da chave (bits)> como um item de configuração para . Se <ECDSA> estiver selecionado, <Tipo de chave> é apresentado.
<Comprimento da chave (bits)> / <Tipo de chave>
Especifique o comprimento da chave se <RSA> estiver selecionado para , ou especifique o tipo de chave se <ECDSA> estiver selecionado. Em ambos os casos, um valor mais alto proporciona uma maior segurança, mas reduz a velocidade de processamento da comunicação.
4
Configure os itens necessários para o certificado e carregue em <Gerar chave>.
<Data início de validade> / <Data fim de validade>
Introduza a data de início e de fim da validade.
<País/Região>/ <Estado> / <Cidade> / <Organização> / <Unidade organiz.>
Selecione o código de país a partir da lista e introduza o local e o nome da organização.
<Nome comum>
Introduza o endereço IP ou FQDN.
Quando executar a impressão IPPS num ambiente Windows, certifique-se de introduzir o endereço IP da máquina.
É necessário um servidor DNS para introduzir o FQDN da máquina. Introduza o endereço IP se não for utilizado um servidor DNS.
Gerir chaves e certificados
Pode verificar as programações detalhadas ou apagar chaves e certificados no ecrã que é apresentado quando carrega em  (Programações/Gravação) <Progs de gestão>  <Gestão do dispositivo>  <Programações do certificado>  <Lista de chaves e certificados>. Se a lista de chaves e certificados não for apresentada, carregue em <Lista chav.e certific. desta máquina> para a apresentar.
Se for apresentado , a chave está corrompida ou é inválida.
Se não for apresentado , o certificado da chave não existe.
Se selecionar uma chave e certificado e carregar em <Detalhes certificado>, são apresentadas informações detalhadas sobre o certificado. Também pode carregar em <Verif. certificado> neste ecrã para verificar se o certificado é válido.
Para apagar chaves e certificados, selecione aqueles que pretende apagar e carregue em <Apagar>  <Sim>.
7WH3-0E6